10 anos

10 anos

Sandy lança novo trabalho e fala sobre o desafio de chegar aos 30 anos na mira da mídia


“O fato de eu saber que as pessoas me viram sem dente, com o nariz grande na adolescência, com o cabelo armado, gordinha, magrinha, é estranho. Eu cresci exposta na televisão"

Prestes a completar 30 anos em janeiro, Sandy se define como uma pessoa ‘madura e menos ansiosa’. Para comemorar a nova fase e retomar sua carreira solo, a cantora acaba de lançar o EPPrincípios, Meios e Fins. “Continuo perfeccionista. Cuidei de tudo nesse novo trabalho. Das composições até escolher a fonte que vai ilustrar a capa do álbum”, contou em entrevista ao Virgula Música, nesta terça-feira (6).

Acostumada a ser notícia desde que começou a carreia ainda criança ao lado do irmão Júnior, a cantora falou sobre a experiência de envelhecer na mira da mídia, que classificou como ‘incômoda’, e brincou com o fato de ter crescido em frente às câmeras. “O que é mais difícil é a exposição, em qualquer época da vida. É uma situação que apesar de eu estar muito acostumada, não deixa de incomodar um pouco”, contou.

“O fato de eu saber que as pessoas me viram sem dente, com o nariz grande na adolescência, com o cabelo armado, é estranho. Eu cresci na televisão e agora estou ficando mais velha. Envelhecer não é problema, mas saber que as pessoas estão comentando é chato. A ideia exposição incomoda, apesar de eu ser discreta. Sempre há comentários ruins e não tem como não se importar, pelo menos um pouquinho, com o que as pessoas falam.”

E, mesmo quando não está em evidência, Sandy é motivo de piada. Na última semana não foram poucas as piadas envolvendo o nome da cantora e o furacão que atingiu a costa dos Estados Unidos e o Canadá. Em 2011, também sobrou para Sandy. Ela virou sensação ao falar sobre sexo anal numa entrevista à Playboy. Pouco tempo depois, tornou-se hit na web ao fechar contrato para ser garota-propaganda de uma marca de cervejas com um nome que pouca combinava com sua personalidade pura e meiga.

Inspirada pelas mudanças de comportamento ocasionadas pelo amadurecimento, a cantora compôs a faixa Aquela dos 30 anos, em que cita Bon Jovi como o tipo de música que consumiu na adolescência. “Eu realmente curti muito. Por isso usei a banda para fazer um contraponto entre a adolescência e minha fase atual, adulta. Meus gostos musicais mudaram muito”, revelou.

Prestes a completar 30 anos em janeiro, Sandy se define como uma pessoa ‘madura e menos ansiosa’. Para comemorar a nova fase e retomar sua carreira solo, a cantora acaba de lançar o EPPrincípios, Meios e Fins. “Continuo perfeccionista. Cuidei de tudo nesse novo trabalho. Das composições até escolher a fonte que vai ilustrar a capa do álbum”, contou em entrevista ao Virgula Música, nesta terça-feira (6).

Acostumada a ser notícia desde que começou a carreia ainda criança ao lado do irmão Júnior, a cantora falou sobre a experiência de envelhecer na mira da mídia, que classificou como ‘incômoda’, e brincou com o fato de ter crescido em frente às câmeras. “O que é mais difícil é a exposição, em qualquer época da vida. É uma situação que apesar de eu estar muito acostumada, não deixa de incomodar um pouco”, contou.

“O fato de eu saber que as pessoas me viram sem dente, com o nariz grande na adolescência, com o cabelo armado, é estranho. Eu cresci na televisão e agora estou ficando mais velha. Envelhecer não é problema, mas saber que as pessoas estão comentando é chato. A ideia exposição incomoda, apesar de eu ser discreta. Sempre há comentários ruins e não tem como não se importar, pelo menos um pouquinho, com o que as pessoas falam.”

E, mesmo quando não está em evidência, Sandy é motivo de piada. Na última semana não foram poucas as piadas envolvendo o nome da cantora e o furacão que atingiu a costa dos Estados Unidos e o Canadá. Em 2011, também sobrou para Sandy. Ela virou sensação ao falar sobre sexo anal numa entrevista à Playboy. Pouco tempo depois, tornou-se hit na web ao fechar contrato para ser garota-propaganda de uma marca de cervejas com um nome que pouca combinava com sua personalidade pura e meiga.

Inspirada pelas mudanças de comportamento ocasionadas pelo amadurecimento, a cantora compôs a faixa Aquela dos 30 anos, em que cita Bon Jovi como o tipo de música que consumiu na adolescência. “Eu realmente curti muito. Por isso usei a banda para fazer um contraponto entre a adolescência e minha fase atual, adulta. Meus gostos musicais mudaram muito”, revelou.

“Quando eu era mais nova ouvia coisas como Whitney Houston, Mariah Carey e Celine Dion. Hoje não gosto mais tanto, prefiro um estilo mais alternativo, gosto de pop britânico, gosto de algumas cantoras que também são compositoras como a Kate Tunstall. Isso também teve influencia no meu novo EP. Mesmo que você não faça de caso pensado, há sempre um resquício da discografia que você ouviu nos últimos tempos. O que eu gosto de ouvir é também o que eu gosto de compor, não dá para separar as coisas.”

Casada há quatro anos com Lucas Lima, Sandy fez uma homenagem ao marido – que participou ativamente da produção do novo trabalho – com a faixa Escolho Você. “É uma música autobiográfica sobre um amor real, de carne e osso e cotidiano. Não é aquele amor idealizado, romântico e perfeito. Nós somos um casal como outro qualquer. Temos nossos probleminhas e conflitos, além das maravilhas de ser casado.”

Sobre separar o trabalho da vida pessoal, a cantora revelou que nada é ‘tão fácil assim’. “Foi maravilhoso trabalhar com ele. Lucas é um ótimo produtor musical, que me conhece bem e entende meu anseio como artista. Me ajudou a traduzir em música aquilo que eu estou sentindo e pensando. Mas se há uma discordância profissional, não tem como a ‘esposa’ e o ‘marido’ não ficarem um pouco afetados por isso. Mas a gente resolve tudo na base da conversa e fica tudo ótimo”, finalizou.

“Estou focada no meu trabalho”, já adianta ao ser questionada sobre a maternidade. “Atualmente o relógio biológico está mais leve. Conheço muitas mães que tiveram filhos aos 40 anos. Não que eu queira esperar até lá, mas quero sim ter um filho. É um sonho em ser mãe, mas não agora”.

O EP Princípios, Meios e Fins está disponível na versão brasileira do iTunes, loja virtual da Apple. Em novembro, uma edição limitada no formato físico estará à venda na loja virtual Sandy Store. Além do disco, os fãs também poderão adquirir produtos personalizados como canecas, cadernos e camisetas. 


VIRGULA

No comments