10 anos

10 anos

"As pessoas esquecem que eu cresci", afirma Sandy



Veja uma notícia que pode mexer com a vida de muitos brasileiros. “Eu vou fazer trinta anos”, revela Sandy.

Claro que é uma brincadeira, mas talvez muita gente fique surpresa.

Zeca Camargo: Para você, é uma surpresa?

Sandy: É uma surpresa. Eu não me acostumei ainda com essa ideia. Quando eu fiz 28, depois 29, eu comecei a ficar meio assustada. Gente do céu, o tempo está passando rápido demais.

Zeca: Mas fica bem, não fica?
Sandy: Fica. Tudo fica cada vez melhor. Fica tudo ótimo. Claro, tem uma coisinha ou outra, o metabolismo diminui um pouquinho... A gente tenta ficar mais magrinha e não é tão fácil como antigamente.

Zeca: Fala isso para o Ronaldo...

A vida está uma maravilha mesmo para Sandy Leah Lima. E, como o Brasil inteiro acompanha há anos, trabalha muito desde criança. Quando viu, já estava nos trinta. “Eu acho que a gente começa a se levar um pouco mais a sério”, diz.

Para comemorar três décadas de vida, um novo trabalho está chegando. E a música ‘Aquela dos trinta’ recorda a família, os amigos, a infância e a adolescência.

Zeca: Você tem uma parceria muito bonita com uma pessoa que divide a vida com você. Isso no trabalho foi importante?

Sandy: A gente trabalha muito bem juntos. É uma cumplicidade, uma sintonia muito grande na hora de fazer música e produzir discos. Parece que ele sabe o que eu estou pensando.

Ela é casada com o músicas Lucas Lima, da Família Lima, que também é produtor e arranjador. “Ele me dá corda, me incentiva para caramba, me bota para cima”, conta.

Zeca: Vocês estão casados há quanto tempo?

Sandy: Quatro anos.

Zeca: Então... Não vai aumentar a família, Sandy?


Sandy: Eu vou ter filhos se estiver tudo certo. Tem muita gente que coloca um filho para preencher buraco. Eu acho errado. A gente tem que estar totalmente fortalecido como casal, super bem um com o outro, em um momento tranquilo.

Zeca: Falando assim, de uma maneira tão transparente e tão segura sobre maternidade, família, carreira e sexo, você acha que as pessoas se surpreendem de você não ser a Sandy que eles projetaram?

Sandy: Existe uma certa resistência de entender que eu sou uma Sandy que fala sobre qualquer assunto. Rótulos são muito limitadores. As pessoas se apegam a rótulos do passado e esquecem que eu cresci.

Zeca: Fazendo um exercício de futurologia, e a Sandy de 40 anos?

Sandy: Eu estou muito a fim de dar vazão ao meu lado de atriz, gosto muito de atuar, tem um filme vindo por aí, mas priorizando a música. E com filhos.

Zeca: Vamos botar no plural isso aí. A família merece bastante e o Brasil vai te acompanhar sempre, tenho certeza.

Sandy: É isso aí.

Fonte: Fantástico

No comments