10 anos

10 anos

[G1] 'Feliz e emocionada', Sandy fecha turnê em São Paulo


Ela apresentou neste domingo show baseado em 'Manuscrito – Ao Vivo'.
Cantora lembrou que o irmão é codiretor do espetáculo; G1 transmitiu.


Dizendo-se “muito feliz” e “emocionada”,Sandy fez neste domingo (9), em São Paulo, o show de encerramento da turnê “Manuscrito”, que foi transmitido ao vivo pelo G1. A apresentação baseou-se no CD e DVD “Manuscrito – Ao vivo”, de 2011. Ela, contudo, não deixou de lembrar os tempos em que formava dupla com o irmão, Junior. “Impossível não lembrar desse passado tão incrível que a gente construiu junto”, afirmou Sandy.
A cantora entrou em cena no HSBC Brasil pouco depois das 20h30 e apresentou “Pés cansados”, primeira música de “Manuscrito”, sua estreia como artista solo, lançada em 2010. Terminado o número seguinte, “Dedilhada”, do mesmo álbum, Sandy agradeceu e comentou que a turnê rendeu “momentos especiais”.
Já na quarta música, “Perdida e salva”, veio uma manifestação mais entusiasmada da audiência, com gritos de “Sandy, eu te amo!”. Ela, então, aproveitou para detalhar a ideia do show. “Eu resolvi misturar o repertório, colocar músicas de outros artistas, coisas que gosto de cantar no chuveiro, no carro. (...) A gente vai começar com essa grande diva”, avisou, para entoar na sequência “Beija eu”, de Marisa Monte.
Sandy tocou ainda “Hoje eu quero sair só”, de Lenine, mais uma cover que fez parte de “Manuscrito – Ao vivo”, projeto que forneceu praticamente todo o material do show deste domingo (9). Integram essa seleção canções pinçados da época em que formava dupla com Junior, caso de “Quando você passa” e “Estranho jeito de amar”.
Michael Jackson
Ao “Sandy, eu te amo!” gritado pela plateia já desde o início da apresentação, a cantora resolveu responder depois de terminar a décima música da noite. “Vocês sabem, também amo vocês”, disse, e emendou com “Bad”, de Michael Jackson, "tema" de uma série shows que ela fez neste ano. “Resolvi colocar [‘Bad’] aqui para matar um pouquinho a saudade.”
A saudade deu o tom das músicas seguintes, justamente as citadas “Quando você passa” e “Estranho jeito de amar”, parcerias com Junior. “Quem aqui acompanhava [Sandy & Junior]?”, perguntou ela público. Diante dos gritos, devolveu: “Incrível, que fãs fiéis! Resolvi escolher algumas que marcaram nossa história, impossível não lembrar desse passado tão incrível que a gente construiu junto. Eu me orgulho muito. Foi esse passado que me construiu como artista e como pessoa”. Sandy fez questão de acrescentar que Junior é codiretor do show.
Com aproximadamente 1h10 de apresentação, Sandy deixou o palco, após a 16ª música. No regresso para o bis, novamente um cover, “Casa”, hit de Lulu Santos. Antes do desfecho definitivo, a cantora tocou “Aquela dos 30”, de seu EP mais recente, e "Tempo", faixa de "Manuscrito". Passava pouco das 22h quando Sandy se despediu de vez.

No comments