10 anos

10 anos

Confira a letra das músicas 'Morada', 'Refúgio' e 'Ninguém é Perfeito'


Morada
Como cortar pela raiz se já deu flor?
Como inventar um adeus se já é amor?
Como cortar pela raiz se já deu flor?
Como inventar um adeus se já é amor?

Não quero reescrever as nossas linhas
Que se não fossem tortas não teriam se encontrado
Não quero redescobrir a minha verdade
Se ela me parece tão mais minha quando é nossa

Como cortar pela raiz se já deu flor?
Como inventar um adeus se já é amor?
Como cortar pela raiz se já deu flor?
Como inventar um adeus se já é amor?

Não me deixe preencher
Com vazios o espaço que é só teu
Não se encante em outro canto
Se aqui comigo você já fez morada



Refúgio
Quando é difícil respirar
Quando é difícil descansar
Da insanidade
Do perigo de crer
Do perigo de viver

Eu me refugio dentro do teu olhar
No abraço quente
Que eu só posso encontrar no teu olhar
Que me acalma sempre e me salva de mim

Quando a certeza duvidar
Quando a luz não clarear
Na hostilidade
Na cegueira de crer
Na ausência de viver

Eu me refugio dentro do teu olhar
No abraço quente
Que eu só posso encontrar no teu olhar
Que me acalma sempre e me salva de mim

E se a tempestade não avisar
E se eu me perder nas curvas
Só existe um lugar seguro
Só há um lugar pra onde voltar
E é dentro do teu olhar

No abraço quente que é o teu olhar
No teu olhar
Que me acalma sempre e me salva de mim



Ninguém é Perfeito
Já tentei esconder o que eu sinto
Mas o teu olhar me revela
Ninguém é perfeito e você é a exceção que confirma a regra

Você me pegou pela mão
E me levou pra ver o mundo
E tinha tanta coisa que eu nem sabia que existia

Tanto bem, tanto mal
Tanto céu, tanto sol
E a escuridão que se escondia
Hoje já não faz sombra no meu dia

Já tentei esconder o que eu sinto
Mas o teu olhar me revela
Ninguém é perfeito e você é a exceção que confirma a regra

Você me pegou pela mão
E me convidou a olhar dentro de mim   
E eu vi tanta coisa que eu desconhecia

Tantas portas abertas, tantas fechadas
Tanto a ser dito, tanto a ser ouvido
E só com você eu vejo o caminho

Já tentei esconder o que eu sinto
Mas o teu olhar me revela
Ninguém é perfeito e você é a exceção que confirma a regra

Agora eu quero ver tudo
Dizer tudo, viver tudo
Eu sei que só vai ser tudo se for com você

Já tentei esconder o que eu sinto
Mas o teu olhar me revela
Ninguém é perfeito e você é a exceção que confirma a regra


Créditos: Blog Scandal




No comments