10 anos

10 anos

[UOL] Sandy dispara contra Feliciano: 'Uma cabeça muito atrasada e retrógrada'


Sandy soltou o verbo ao falar sobre o pastor, deputado federal e presidente da Comissão de Direitos Humanos Marco Feliciano no "Programa da Eliana", na noite deste domingo (27). A cantora com fama de boa moça criticou o politico durante sua participação no quadro "Rede da Fama". Ao ser questionada se ela aceitaria o pastor como seu amigo na rede social, a filha de Chororó disse que não é boazinha a tal ponto; e que tudo tem limite.
"Falei que eu sou 'facinha' de lidar, mas nem tanto. Não aceito. Ele é um político. Ele deveria resolver coisas pelo Brasil. É um cara que pode colocar a mão na massa e resolver os problemas do povo. Mas, ele tem uma cabeça muito atrasada e retrógrada. Não tem nada a ver com o momento em que estamos vivendo. Ele está muito atrasado. O preconceito tem que ficar para trás. Fora Feliciano", esbravejou.
Eliana também perguntou para Sandy o que ela achava da polêmica em que a cantora Joelma da banda Calypso se envolveu com os gays. Discreta, a cantora disse que não ficou sabendo da história; e que a mulher de Chimbinha pode ter sido mal interpretada em sua declaração a respeito dos homossexuais. 
"Eu não tenho o que reclamar dela. Ela sempre me tratou bem. Eu a aceitaria como amiga na rede social sim. Até porque não precisamos concordar em tudo com a pessoa para ser amiga dela. Eu respeito as diferenças das pessoas", disse.
Assim como Marco Feliciano, Joelma se transformou em alvo de criticas da comunidade GLBTS (Gays, Lésbicas, Bissexuais, Transexuais e Simpatizantes) por conta de suas polêmicas declarações sobre os homossexuais na mídia. Um vídeo da cantora tentando convencer um fã a deixar de ser gay foi divulgado na internet. Nele, a paraense diz para o menino que os pais dele teriam muito orgulho em vê-lo constituindo uma família, casado e com filhos. Ao tentar se redimir com os fãs gays, Joelma comparou os homossexuais a drogados, disse acreditar na cura gay e se manifestou contra o casamento homoafetivo.

No comments