10 anos

10 anos

[CONTIGO!] 11 momentos marcantes de Sandy & Junior

Os irmãos começaram uma carreira promissora quando Sandy tinha 6 anos e Junior, 5. Relembre os fatos que tornaram a dupla inesquecível, mesmo após a sua separação!



Era uma vez...

Sandy tinha seis anos e Junior era ainda um ano mais novo quando eles se apresentaram, pela primeira vez, no Programa Som Brasil, no ano de 1989. Apresentada por Lima Duarte, a atração deu início a uma história de sucesso, companheirismo e parceria entre os irmãos. Com a inesquecível performance da música Maria Chiquinha, a dupla esbanjou fofura e deu o passo inicial na parceria profissional que duraria mais 18 anos. 
Foto: Reprodução


A gravação do primeiro CD

No ano seguinte, os filhos de Noely e Xororó já preparavam o primeiro CD da dupla Sandy&JuniorO Aniversário do Tatu. Lançado em 1991, o álbum teve mais de 300 mil cópias vendidas e foi o responsável pela dupla faturar o seu primeiro primeiro disco de ouro. 


Parcerias de peso

Foi em 1992 que eles gravaram o primeiro videoclipe da dupla, Sábado à Noite, música que intitulou o CD lançado no mesmo ano. Nele, parcerias com Chitãozinho e Xororó e Ney Matrogrosso garantiram ainda mais destaque para os pequenos, que já atraíam todos os olhares. 


As coreografias viraram mania

E quem nunca dançou o Dig-Dig-Joy? Eles cresceram e os passinhos apresentados pelos irmãos viravam mania, sendo copiados pelos fãs de todas as idades. 


Estreia nas telonas...

Quem pensou que a estreia de Sandy e Junior nos cinema se deu em Acquaria (2003), se enganou! Eles fizeram parte do longa O Noviço Rebelde (1997), no qual atuaram como Márcia e Junior ao lado de Renato Aragão, Tony Ramos, Patrícia Pillar e Luma de Oliveira. 


...e nas telinhas também!

Em abril de 1999, estreava na programação dominical da TV Globo, o seriado Sandy&Junior. Os irmãos protagonizavam os episódios em que interpretavam eles próprios em uma agitada rotina no fictício Centro de Educação Mário de Andrade (CEMA). Com grandes níveis de audiência, o programa permaneceu no ar por quatro anos. E ainda rendeu aos dois, amigos para vida toda como Fernanda Paes Leme e Wagner Santisteban. 


O grande auge

Foi também no ano de 1999 que a dupla conquistou o auge de sua carreira com o lançamento do álbum As Quatro Estações. Trazendo, pela primeira vez, músicas compostas pela própria Sandy, o álbum vendeu mais de dois milhões de cópias e teve uma das turnês mais lotadas da carreira de Sandy&Junior.


Do Brasil para o mundo

Em 2002, foi lançado o 12º CD da dupla, o primeiro em inglês. Graças a canção Love Never Fails, a principal do álbum, a carreira internacional dos irmãos tomou impulso. Eles se dedicaram por vários meses a uma turnê ao redor do mundo, incluindo países como Portugal, Espanha, Itália (foto), México e Chile. 


Os primeiros no Maraca

De volta ao Brasil, os queridinhos foram recebidos com muita euforia por um público de mais de 70 mil pessoas. Em outubro do mesmo ano, eles foram os primeiros artistas a se apresentarem sozinhos no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. O show foi feito em homenagem ao Dia das Crianças e foi televisionado para os fãs também assistirem ao evento de casa. Do espetáculo, também foram produzidos um CD e um DVD. 


O último grande show

Em abril de 2007, um comunicado oficial chocou os fãs: Sandy&Junior iria, oficialmente, ter um fim. Por meio de um vídeo divulgado na página da dupla, eles explicaram que estavam partindo para carreiras musicais separadas por terem estilos diferentes. Os irmãos também anunciaram oAcústico MTV, último show e álbum que fariam juntos e que foi concretizado em dezembro daquele ano. Foi só emoção e choradeira... 


A (triste) separação da dupla

Em 2010, Sandy fez o seu primeiro show solo, da turnê Manuscrito, que aconteceu em Curitiba. A bela ficou super emocionada no palco e, na plateia, claro, estavam o maridão, o irmão e os pais. Hoje, Sandy se dedica à maternidade, dando toda a atenção ao pequeno Theo, mas continua com a carreira solo. Já, Junior, que acabou de se casar com Monica Benini, lidera a banda Soul Funk







No comments